Call Center

Salvador e Região Metropolitana (71) 3345 8200
Feira de Santana 4020 8880
Alagoinhas 0800 071 8200
Seg à Sex - 6:30h às 19h Sábado - 6:30h às 17h

Blog

Notícias

Vacina contra a gripe é a medida mais eficaz de prevenção

29 de Março0 Comentários

Falta pouco para o inverno, período de maior circulação do vírus da gripe. Estamos nos aproximando da estação de maior incidência de doenças respiratórias no Brasil e, para minimizar as complicações de saúde, a imunização ainda é a melhor forma de prevenção.

Estudos apontam que a vacina contra a gripe reduz as complicações dos casos graves, internações e até mesmo óbitos. Estima-se que a imunização reduza de 39% a 75% a mortalidade por complicações da gripe e de 32% a 45% o número de internações por pneumonias.

Para se ter uma ideia, em 2017 foram confirmados quase dois mil casos de gripe no país e registrados 341 óbitos por influenza. Em 2016, o país viveu um período de surto e registrou quase 2 mil óbitos por complicações da doença: um impacto negativo que pode ser minimizado com uma única dose anual da vacina, que protege contra os tipos mais graves da doença.

Imunizar é essencial e se antecipar também

O tempo médio para que comece a produzir resposta imunológica é de 10 a 15 dias. É por isso que deve ser tomada anualmente, antes do inverno e não apenas nos períodos de surtos. Vale ressaltar que a vacina protege contra os tipos mais graves da doença e não causa gripe. Nos períodos de maior circulação do vírus, algumas pessoas se vacinam quando já estão na fase de incubação da doença. Como leva um tempo até que organismo reaja à vacina, não há tempo de resposta imunológica.

Referência na Bahia, o Labchecap Seimi oferece a vacina quadrivalente, que é composta por quatro vírus da gripe; a quadrivalente pediátrica, indicada para crianças a partir dos 6 meses de vida; e a trivalente, que pode ser tomada por crianças e adultos. Enquanto a quadrivalente contém dois vírus influenza A (H1N1 e o H3N2) e dois da influenza B, a trivalente imuniza contra os dois tipos de influenza A (H1N1 e H3N2) e um tipo de influenza B.

Em Salvador, as vacinas são encontradas nas unidades Labchecap Seimi do Itaigara, Labchecap Kids, Vilas do Atlântico e Barra. A empresa também oferece o serviço de atendimento domiciliar, que atende a capital e região metropolitana; e de vacinação empresarial para todo o estado.

Você também pode ser interessar por:

Saúde

Entenda a HIPERTENSÃO

25 de Abril0 Comentários

Entenda a hipertensão

Pra ser considerada ideal, a pressão arterial deve se manter em torno de 120 / 80 mmHg – a famosa 12 por 8. Esse número representa a força que o sangue exerce contra a parede das artérias para conseguir circular pelo corpo.  Nas pessoas hipertensas, o sangue é bombeado com uma intensidade maior, geralmente a partir de 140 / 90mmHg. Esse aumento da força sobrecarrega o coração  e desgasta o revestimento dos vasos,  favorecendo  a ocorrência de lesões, como o acidente vascular cerebral (AVC), infarto e até mesmo insuficiência renal.

Todo esse processo acontece de forma silenciosa no organismo, podendo levar anos até que os primeiros sintomas se manifestem. Por isso, é essencial a adoção de medidas preventivas que incluam  a prática de hábitos saudáveis e  uma rotina  de exames médicos periódicos.

 

Principais fatores que acarretam a pressão alta

O maior percentual de diagnóstico médico por hipertensão no Brasil é dado à população idosa (61%), mas a doença não está restrita a esse grupo. A pressão alta está associada a alguns fatores de risco e pode se manifestar em qualquer idade, até mesmo na infância.

Entre os principais fatores de risco, podemos destacar:

  1. Histórico familiar;
  2. Consumo excessivo de sal;
  3. Idade;
  4. Obesidade;
  5. Sedentarismo;
  6. Etnia;
  7. Consumo abusivo de álcool e tabagismo.

 

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico da hipertensão é dado pelo médico, através da aferição da pressão. Além da aferição regular no consultório, existem exames como o de monitoração residencial da pressão arterial (MRPA) e o Mapa 24 horas, que registram o comportamento da pressão em diferentes momentos do dia.

A hipertensão não tem cura, mas tem controle. Além da adoção de hábitos saudáveis, como a prática de atividade física e a melhoria da qualidade da alimentação, existe o tratamento medicamentoso, que auxilia no controle da pressão arterial.

 

Notícias

O Labchecap realiza exames de paternidade

09 de Abril0 Comentários

O Labchecap realiza exames de paternidade

O exame para investigação de vínculo genético se baseia na análise do DNA, um padrão de informações genéticas responsável pela transmissão das características dos pais biológicos aos descendentes. O teste é considerado eficaz e completo para a comprovação de filiação paterna ou materna, com mais de 99,999% de precisão.

No Labchecap, o teste de paternidade é feito a partir da análise da saliva, um procedimento preciso, não invasivo, confiável e de valor jurídico. A coleta da amostra é realizada por biomédicos especializados e altamente qualificados para o procedimento.

Nossas unidades realizam o teste de paternidade duo – feito a partir da coleta entre o suposto filho(a) e o suposto pai; e o teste de paternidade trio – realizado entre  a mãe, o suposto filho (a) e o suposto pai.

Para fazer o teste de paternidade é necessário agendar o atendimento. No dia e horário marcado, as partes envolvidas devem apresentar os documentos de identificação e assinar um termo de consentimento. Não é necessária autorização judicial ou requisição médica.  O resultado é disponibilizado em 20 dias.

Diferenciais

Além da coleta não invasiva pela saliva, o cliente pode escolher a unidade mais conveniente para o teste. Atualmente, 13 unidades do Labchecap realizam o exame, sendo 10 em Salvador e Região Metropolitana e duas no interior, nas unidades Feira de Santana e Alagoinhas. O Labchecap dispõe do serviço de coleta domiciliar e facilidade no pagamento, com parcelamento em até 6x sem juros.

Unidades que realizam o exame:

Barra; Canela; Brotas; Labchecap Kids; Caminho das Árvores; Costa azul; Imbuí; Patamares; Itapuã; Stella Mares, Vilas do Atlântico; Feira de Santana e Alagoinhas.

Responsável Técnico de Laboratório: Dr. Josemar Fonseca Silva – CRF 1290

Responsável Técnico de Imagem: Dr. Lucas da Gama Lobo – CRM 16202